Trabalhadores são resgatados em situação precária em Arcoverde


Por G1 Caruaru


Alojamentos apresentavam situações precárias para os trabalhadores, em Arcoverde — Foto: Superintendência Regional do Trabalho/DivulgaçãoAlojamentos apresentavam situações precárias para os trabalhadores, em Arcoverde — Foto: Superintendência Regional do Trabalho/Divulgação

Alojamentos apresentavam situações precárias para os trabalhadores, em Arcoverde — Foto: Superintendência Regional do Trabalho/Divulgação

Trabalhadores foram resgatados na quarta-feira (10) em situação precária de trabalho em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Superintendência Regional do Trabalho no estado, 37 empregados não tinham registro na CTPS e dez exerciam as funções em condição similiar a de escravo.

Ainda segundo a superintendência, as principais irregularidades se deram nos alojamentos, que apresentavam “risco acentuado de choque elétrico e incêndio, a ausência de quaisquer instalações sanitárias e os empregados dormiam em cima de caixotes”.

Além disso, na área de aplicação de agrotóxicos, havia o risco de contaminação de trabalhadores por ausência de equipamento de proteção individual adequado ao risco, sem falar na ausência de treinamento. Também foi constatada a ausência de instalações sanitárias, local para refeição, água e EPI.

A Superintendência Regional do Trabalho informou que deve haver ainda apuração criminal, e que os trabalhadores envolvidos irão receber em média R$ 3 mil em idenização.