Sport vence o São Bento por 2×0 e assume vice-liderança da Série B


Sport vence o São Bento por 2×0 e assume vice-liderança da Série B

Com o empate do Atlético-GO com o Vila Nova, o time rubro-negro chegou se isolou na segunda colocação, com 49 pontos

PublicadoMarquinho e Hernane marcaram os gols da vitória do Sport / Foto: Brenda Alcântara/ JC Imagem

Marquinho e Hernane marcaram os gols da vitória do Sport

Uma vitória para aumentar a esperança rubro-negra pelo acesso à Série A. Mesmo fazendo mais uma vez um primeiro tempo pouco produtivo, o Sport conseguiu decidir a partida na etapa complementar e derrotou o São Bento por 2×0, nesta sexta-feira (11), na Ilha do Retiro, pela 28ª rodada da Série B.

Com o placar, o Leão assumiu a vice-liderança da Segundona, com 49 pontos – restando 15 pontos para chegar a pontuação mágica dos 64, que garante o acesso. Os gols da partida foram marcados por Marquinho e Hernane Brocador. O Sport encara na próxima rodada o Cuiabá, segunda-feira, às 20h, na Ilha.

GALERIA DE IMAGENS

Sport venceu o São Bento por 2×0 e assumiu a vice-liderança isolada da Série B
Legenda
Anteriores
  • Brenda%20Alc%E2ntara/%20JC%20Imagem
  • Brenda%20Alc%E2ntara/%20JC%20Imagem
  • Brenda%20Alc%E2ntara/%20JC%20Imagem
  • Brenda%20Alc%E2ntara/%20JC%20Imagem
Próximas

O JOGO

Vindo de dois empates consecutivos (Vitória e CRB), o Sport sabia que precisava voltar a vencer na Série B, já que a “gordura” para os concorrentes que brigam pelo G-4 estava diminuindo. Porém, o São Bento, mesmo figurando no Z-4, mostrou desde o início da partida que iria dificultar a vida rubro-negra, bem postado, sem dar espaços para o Leão e buscando agredir em rápidas investidas em contra-ataques… Características dos times armados por Milton Mendes.

A primeira chance do jogo foi em bola parada. Aos nove, Guilherme cobrou falta rasteira e Renan Rocha bateu roupa, mas Mansur estava ligado e afastou o perigo. A equipe paulista respondeu na mesma moeda. Aos 17, Rodolfo bateu falta venenosa com força, aproveitando o tumulto na área leonina, e Maílson espalmou no susto.

A melhor chance do Sport, novamente em bola parada, surgiu aos 21, em escanteio cobrado por Guilherme e Charles livre finalizando por cima da meta do São Bento. Ciente da fragilidade da bola aérea da defesa rubro-negra, o time comandado por Milton Mendes também explorava as bolas alçadas na área. E, aos 37, quase o placar foi inaugurado. Rodolfo cobrou falta lateral e achou Mansur livre de marcação para testar com força para baixo e obrigar Maílson a defender com o pé, com a zaga afastando para escanteio.

O Sport voltou para a etapa complementar com maior ímpeto ofensivo. E a mudança de postura logo surtiu efeito. Aos seis minutos, Guilherme achou Charles livre na área… O volante tentou o passe para Hernane, mas a bola desviou na zaga do São Bento e sobrou livre para Marquinho estufar a rede: 1×0.

A equipe do São Bento parece que se abateu após o gol sofrido. O Leão se aproveitou e ampliou o marcador. Aos 24, após escanteio, Thyere foi agarrado por Pablo na área: pênalti. Na cobrança, Hernane deslocou o goleiro e marcou: 2×0. O placar permaneceu intacto até o final.

Ficha técnica

SPORT

Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias (Marcão), Charles e Leandrinho (Pedro Carmona); Marquinho (Marcinho), Guilherme e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.

SÃO BENTO

Renan Rocha; Marcos Martins, Gerson, Joílson e Mansur; Fábia Bahia (Wilson), Vinícius Kiss (Pablo), Rodolfo e Paulinho Boia; Fernandes (Joãozinho) e Minho. Técnico: Milton Mendes.

Local: estádio da Ilha do Retiro, Recife (PE).
Árbitro: Roger Goulart (RS).
Assistentes: André da Silva Bitencourt e Fabricio Lima Baseggio (ambos do RS).
Gols: Marquinho, aos 6º minutos, Hernane, aos 26 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Leandrinho e Charles (SPO) e Vinícius Kiss, Minho e Pablo (SBE).
Público: 13.577 torcedores.