Santa Cruz perde para Fluminense-BA e está eliminado da Copa do Brasil


Os gols sofridos pelo Santa Cruz foram marcados por Maranhão no primeiro tempo e Levi na etapa final

Santa Cruz foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil pelo Fluminense-BA.  / Foto: Arte/SJCC

Santa Cruz foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil pelo Fluminense-BA.

O Santa Cruz continua sentindo um gosto amargo no início desta temporada. Sem saber o que é vencer, sofreu uma derrota pesada nesta quarta-feira. Perdeu por 2×0 para o Fluminense de Feira e foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. Resultado que o clube também sente fora de campo, pois deixou de ganhar R$ 600 mil por não ter avançado de fase. São cinco jogos, três empates e duas derrotas. A equipe ainda não conquistou um resultado positivo sob o comando do técnico Júnior Rocha e muito menos realizou uma apresentação convincente dentro das quatro linhas.

O JOGO

O jogo começou bastante congestionado no meio-campo e as duas equipes não conseguiam mostrar objetividade. Tanto Santa Cruz quanto o Fluminense trocavam passes próximos ao círculo central. Nas poucas vezes que invadiram a grande área não assustaram os goleiros.

O primeiro lance de perigo aconteceu apenas aos 25 minutos do primeiro tempo. Moreilândia lançou o atacante Levi, que correu mais que os zagueiros Renato Silveira e Genílson, invadiu a grande área e bateu para a grande defesa do goleiro Tiago Machowski, que mais uma vez fez uma boa partida. No final da primeira etapa, a Cobra Coral começou a ceder espaços e sofrer com o adversário que marcava bem a saída de bola.

Roberto Pitio recebeu dentro da grande área, passou por Genílson e Vitor, e bateu cruzado para mais uma boa defesa de Machowski. Pressionado, o Santa Cruz não suportou as investidas. Em um erro na saída de bola do meia Arthur Rezende, na meia lua da grande área, pagou caro.

Aos 40, o ataque do Fluminense aproveitou o vacilo. Daniel Nazaré, dentro da grande área, bateu cruzado e no rebote do goleiro tricolor Maranhão empurrou para o gol. Sobrou aos mandantes vontade de vencer e presença ofensiva. Já pelo lados dos corais faltou empenho e criatividade para criar as oportunidades.

No segundo tempo, Fluminense continuou pressionando o Santa Cruz e o goleiro Tiago Machowski tendo muito trabalho. A defesa coral não conseguiu segurar o ataque baiano. Depois de sofrer uma blitz, o Santa Cruz começou a aparecer com mais facilidade nas proximidades da grande área dos donos da casa. No entanto, sem organização.

Precisando da vitória, os mandantes se fecharam e esperaram um erro dos pernambucanos para matar a partida. Tática que deu certo no primeiro vacilo do Santa Cruz. Aos 39, em um contra-ataque, Luiz Paulo arrancou pela direita e cruzou para Levi, entre os zagueiros tricolores, desviar para o fundo do gol e garantir a classificação. Vale ressaltar que nos últimos dez minutos o Fluminense de Feira atuou com um jogador a menos. Moreilândia saiu machucado e o técnico Evandro Guimarães não podia mais realizar substituição.

FICHA DO JOGO – FLUMINENSE-BA 2 X 0 SANTA CRUZ

Fluminense-BA – Deola; Edson, Eduardo, Ranieri (Raphael) e Daniel Nazaré; Rodolfo Potiguar, Deizinho (Luiz Paulo) e Moreilândia; Levi, Maranhão e Roberto Pitio (Negueba). Técnico: Evandro Guimarães.

Santa Cruz – Tiago Machowski; Vitor, Renato Silveira, Genílson e Paulo Henrique; Jorginho (Jeremias), Luiz Otávio e Arthur Rezende (Geovani); Héricles (Daniel Sobralense), Robinho e Vinícius. Técnico: Júnior Rocha.

Local: estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA).Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS). Assistentes: Leirson Peng Martins e André da Silva Bitencour (Ambos do RS).Cartões amarelos: Rodolfo Potiguar, Levi e Rogério (Fluminense-BA) e Geovani (Santa Cruz). Gols: Maranhão aos 40′ do 1ºT e Levi aos 39′ do 2ºT. Público: 3.849 torcedores.Renda: R$ 70.480,00