Santa Cruz empata contra Confiança na estreia de Roberto Fernandes


Léo Ceará e Robinho marcaram os gols do Confiança e Santa Cruz pela Série C

Robinho marcou o gol do empate do Santa Cruz / Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Robinho marcou o gol do empate do Santa Cruz
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

No primeiro jogo pelo Santa Cruz, o técnico Roberto Fernandes não conseguiu a vitória. A Cobra Coral ficou no empate por 1×1 contra o Confiança, nesta segunda-feira, no estádio Batistão, em Aracaju-SE, pela 7ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O time coral não conseguiu apresentar uma boa postura ofensiva, mas foi seguro na defesa. Tomou o gol em uma falha e empatou em uma jogada individual do atacante Robinho.

Com o resultado, o Santa Cruz permaneceu em 5º lugar com 10 pontos. Mesma pontuação do Botafogo-PB, que está na 4ª posição. O próximo jogo é contra a Juazeirense, às 19h de sábado, no Arruda, pela Terceirona.

O JOGO

A partida começou com pouca criação e muita marcação. O técnico Roberto Fernandes apostou na estreia do meia Valdeir e na “dobradinha” de Allan Vieira e Ávila na esquerda. Mas a estratégia não surtiu efeito no ataque. Por outro lado, defensivamente, conseguiu segurar os donos da casa. A única jogada de perigo do time sergipano foi em um chute de longe do meia Rafael Villa.

No ataque, a Cobra Coral apenas nas bolas alçadas na área conseguiu invadir a área do adversário. Mesma estratégia adotada pelo Confiança, que também não obteve sucesso. Em algumas situações, o Santa Cruz teve oportunidades para encaixar contra-ataques, mas falhou nas transições ofensivas. Na única e melhor chance do jogo, o atacante Halef Pitbull saiu na cara do goleiro Genivaldo e bateu em cima do arqueiro.

Tanto o camisa nove, quanto Robinho, Ávila e Valdeir erravam no último passe e não conseguiam acertar as jogadas ofensivas do Santa Cruz. A linha de meio-campo estava longe do ataque e os “homens de frente”, além de uma noite, nem um pouco inspirada, não contavam com um reforço no último terço do campo. Referência no time coral, o volante Carlinhos Paraíba ficou mais recuado e apenas arriscava lançamentos.

Depois do intervalo, o jogo permaneceu equilibrado e com uma baixa produtividade. Só que um erro da defesa do Santa Cruz custou caro. Aos 9 minutos, Iago levantou a bola na grande área. Allan Vieira foi afastar e bateu contra o próprio gol. O goleiro Tiago Machowski realizou uma grande defesa, mas no rebote Léo Ceará mandou para o fundo da rede.

Depois que abriu o placar, o Confiança recuou na partida e o Santa Cruz aproveitou o momento. Aumentou o volume ofensivo e conseguiu chegar no empate. Aos 29, Augusto Silva lançou Robinho pela direita. O atacante passou pelo marcador, invadiu a grande área, a bola desfiou no zagueiro sergipano e enganou o goleiro Genivaldo. Os donos da casa ainda foram para cima em busca da vitória nos últimos 15 minutos, mas a Cobra Coral segurou o empate fora de casa.

FICHA DO JOGO – CONFIANÇA 1 X 1 SANTA CRUZ

Confiança – Genivaldo; Angelo, Gabriel, Vinícius Simon e Radar; Diogo, Everton (Ítalo) e Villa; Iago, Silvy (Caxito) e Léo Ceará (Frontini). Técnico: Luizinho Lopes.

Santa Cruz – Tiago Machowski; Vitor, Sandoval, Augusto Silva, Allan Vieira (Eduardo Brito); Charles, Carlinhos Paraíba, Valdeir (Fabinho Alves); Ávila (Jeremias), Robinho e Halef Pitbull. Técnico: Roberto Fernandes.

Local: estádio Batistão, Aracaju-SE. Árbitro: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG). Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Marconi Helbert Vieira (ambos de MG). Cartões amarelos: Silvy (Confiança). Allan Vieira, Charles, Carlinhos Paraíba e Eduardo Brito (Santa Cruz). Gols: Léo Ceará aos 9′ do 2ºT e Robinho aos 29′ do 2ºT. Público: 8.628 torcedores.Renda: R$ 119.591,00