”Que tiro foi esse?”: após vídeo, funcionários de hospital são demitidos


Foto: Reprodução / Vídeo

Se você ainda não fez, provavelmente já assistiu vídeos de pessoas dançando a música “Que tiro foi esse?”, de Jojo Todynho. Em Salvador, na Bahia, dois funcionários de um hospital foram entrar na brincadeira e acabaram demitidos.

Eles publicaram na internet um vídeo em que aparecem dançando o hit. Fardados e usando uma cadeira de rodas da instituição, eles simularam um tiro e se levantaram dançando a música. Os diretores da unidade de saúde não gostaram da “brincadeira” e dispensaram os dois homens.

De acordo com a Santa Casa da Bahia, gestora do Hospital Santa Izabel, os funcionários estavam em horário de trabalho, gravaram o vídeo sem autorização e deixaram pacientes esperando enquanto gravavam o vídeo.

Veja também:

CEO de multinacional é demitido após funcionário se fantasiar de ‘negão do WhatsApp’

Leia a nota:

“A instituição entende que a gravação vai de encontro a um dos pilares de existência da Santa Casa que é o atendimento de excelência ao paciente. O vídeo mostra funcionários em horário de trabalho, sem autorização expressa da instituição, fardados e que deixaram pacientes esperando pelos seus serviços para gravar um vídeo de humor. Centenas de pacientes são atendidos diariamente num hospital e, muitas vezes, a demanda por procedimentos é maior do que a capacidade, por isso, a dedicação e entrega da equipe é o que faz a diferença num atendimento humanizado e de qualidade. Por fim, informamos que todo o procedimento de demissão foi feito dentro das normas legais, respeitando os direitos dos funcionários”