Píton gigante mata e engole mulher na Indonésia


A mulher havia desaparecido enquanto cuidava de uma horta. Ao ver a cobra gigante, os vizinhos desconfiaram e a mataram em busca da mulher

O píton gigante, uma espécie que vive em florestas tropicais, é muito comum na Indonésia e nas Filipinas / Foto: STR / AFP

O píton gigante, uma espécie que vive em florestas tropicais, é muito comum na Indonésia e nas Filipinas
Foto: STR / AFP
AFP

O cadáver intacto de uma indonésia foi encontrado dentro de um píton de sete metros, capturado perto da horta onde a mulher tinha desaparecido, anunciou neste sábado (16) a polícia local.

O corpo de Wa Tiba, de 54 anos, foi encontrado por moradores de Persiapan Lawela, na ilha indonésia de Mun.

“Os moradores desconfiavam que a cobra tinha engolido a vítima. Mataram ela e tiraram da horta”, explicou o chefe da polícia local.

“Abriram a barriga da serpente e, em seu interior, encontraram o corpo da vítima”, acrescentou a fonte, que acredita que o réptil estrangulou a mulher começando pela cabeça.

Os vizinhos encontraram o píton a cerca de 30 metros dos sapatos e do facão de Wa Tiba. A horta fica ao pé de falésias rochosas onde vivem cobras.

O píton gigante, uma espécie que vive em florestas tropicais, é muito comum na Indonésia e nas Filipinas. Costuma se alimentar de pequenos animais e raramente ataca pessoas.