Náutico bate o Botafogo-PB e entra no G-4 da Série C


Timbu engata quarta vitória em cinco jogos e dispara na Terceirona

Dudu abriu o placar para o Timbu / Alexandre Gondim/JC Imagem

Dudu abriu o placar para o Timbu
Alexandre Gondim/JC Imagem

Com autoridade, o Náutico bateu o Botafogo-PB e entra pela primeira vez no G-4 da Série C. Na Arena de Pernambuco, o Timbu venceu o Belo por 2×0 e assume a terceira posição no Grupo A, com 16 pontos. Em ascensão, Márcio Goiano engata a quarta vitória em cinco jogos e clube entra com tudo na briga pelo acesso.

Sem centroavante, o Náutico começou com muita velocidade no ataque. Sem o machucado Wallace Pernambucano e o suspenso Ortigoza, Robinho, Lelê e Dudu se revezaram como o camisa 9 da equipe. E as triangulações surtiram efeito logo no início da partida.

Aos quatro minutos, Jobson partiu pela direita e tocou para Robinho, que deu de letra para Dudu. O meia entrou pela diagonal na área e chutou por entre as pernas de Saulo, abrindo o placar na Arena de Pernambuco.

Com o gol, o Náutico teve a tranquilidade para rodar o jogo e procurar as jogadas certas. Aos 23, quase o segundo, em jogada ensaiada de falta. Jobson lançou para Rafael Ribeiro, que desviou pro meio da área e Josa cabeceou pro gol. Saulo, em cima da linha, salvou. Aos 46, Lelê cruzou e Robinho, sozinho na pequena área e de frente pro goleiro, não tocou na bola.

Já o Botafogo-PB, sempre com a bola nos pés de Marcos Aurélio, usou e abusou dos lançamentos longo na primeira etapa. A única jogada de real perigo do Belo foi aos 41, quando Daniel aproveitou rebote do escanteio e acertou o travessão de Bruno.

No segundo tempo, o Náutico soube administrar bem o resultado e ainda chegou com perigo. O lance mais agudo foi aos oito minutos, quando Jobson cruzou, Robinho desviou e Lelê, em posição irregular, cabeceou pra rede. Arbitragem anulou corretamente.

Já o Botafogo-PB perdeu um jogador logo com 16 minutos, quando Nando agrediu Luiz Henrique e tomou vermelho direto. Com um a menos, teve pouca força pra atacar e apostou novamente nas jogadas aéreas, sem sucesso.

No final, ainda deu tempo de matar o placar. Com 41 minutos, Robinho cruzou na área e Walber desviou contra o próprio patrimônio, fechando o 2×0 na Arena.

FICHA DE JOGO

(2) NÁUTICO
Bruno; Bryan, Rafael Ribeiro, Sueliton e Assis; Josa, Luiz Henrique e Jobson (Júnior Lemos); Dudu (Tharcysio), Robinho e Lelê. Técnico: Márcio Goiano

(0) BOTAFOGO-PB
Saulo; Gedeílson, Walber, Júnior Lopes e Daniel; Rogério, Hiroshi (Allan Dias), Clayton e Marcos Aurélio; Dico (Mário) e Nando. Técnico: Evaristo Piza

Local: Arena de Pernambuco. Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO). Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Marcio Soares Maciel (ambos de GO). Gol: Dudu, aos 4 min do 1ºT, e Walber (contra), aos 41 min do 2ºT. Cartões amarelos: Clayton e Marcos Aurélio (B). Cartão vermelho: Nando (B).