Lula é absolvido pela primeira vez em processo da Lava Jato


Lula era acusado do crime de obstrução de Justiça / Foto: AFP

Lula era acusado do crime de obstrução de Justiça
Foto: AFP
JC Online

O juiz da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, Ricardo Leite, absolveu Luiz Inácio Lula da Silva e mais seis outras pessoas. No caso do ex-presidente, ele era acusado do crime de obstrução de Justiça. Esse foi o primeiro caso em que Lula se tornou réu na Lava Jato e a primeira absolvição nos processos os quais responde.

ACUSAÇÃO

A acusação apontava que Lula tinha atrapalhado as investigações ao se envolver na tentativa de compra de silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, um dos delatores da operação. O juiz Ricardo Leite considerou as provas insuficientes e que a acusação estava baseada somente em afirmações de delatores.

Retomou também ao artigo 17 do Código Penal sobre flagrante preparado e o artigo 4º, da lei 12850/13, apontando que sentenças não podem ser proferidas com fundamento apenas em delação premiada.

Os outros absolvidos foram o ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), o ex-chefe de gabinete de Delcídio Diogo Ferreira, o banqueiro André Esteves, o advogado Édson Ribeiro, o pecuarista José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai.

Leia Também