Filha homenageia estudante pernambucano encontrado morto no Paraguai


‘Painho, esteja onde estiver, saiba que eu te amo muito. Obrigada por tudo’, escreveu a jovem

O universitário pernambucano foi encontrado morto em um residencial, nessa terça-feira (4) / Foto: Reprodução / Instagram

O universitário pernambucano foi encontrado morto em um residencial, nessa terça-feira (4)
Foto: Reprodução / Instagram
JC Online

A filha do estudante de medicina pernambucano encontrado morto, nessa terça-feira (4), no Paraguai, lamentou a morte do pai nas redes sociais, nesta quarta-feira (5). A jovem publicou uma foto em que o pai aparecendo montando um cavalo e sorrindo, com um texto pedindo orações.

Em uma postagem nos stories do Instagram, a jovem escreveu: “Painho, esteja onde estiver, saiba que eu te amo muito. Obrigada por tudo. A todos que estão vendo essa mensagem, peço apenas que orem por ele, para que ele seja reconfortado”, desabafou.

Entenda o caso

O estudante de medicina pernambucano Anderson Manoel Barbosa de Araújo, de 36 anos, foi encontrado morto em um residencial, na cidade de Salto Del Guairá, no Paraguai.

Nas redes sociais, outros amigos e familiares lamentaram a morte do estudante, que foi encontrado morto em um apartamento do Towers Residencial.

Itamaraty

O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, ainda não se posicionou oficialmente sobre o caso, que está sendo investigado pelas autoridades paraguaias. A causa da morte do estudante é desconhecida.

Universidade lamenta morte

A Universidad Sudamericana (Universidade Sul-Americana), onde o pernambucano estudava medicina, emitiu uma nota, nesta quarta-feira (5), lamentando o falecimento do aluno. Na nota, a instituição afirma que o estudante era um “jovem voluntarioso que deu sua contribuição” para a universidade.

Leia a íntegra da nota, traduzida

“Com muita dor, a família da Universidad Sudamericana foi informada no dia de ontem da partida do companheiro Anderson Manoel Barbosa Araújo, jovem voluntarioso que deu sua contribuição para esta família. Como aluno, colaborador e companheiro.

As Autoridades da Universidad Sudamericana fazem chegar seus mais sentidos pêsames à família [do estudante], acompanhando-lhes neste momento difícil, convencidos de que nosso companheiro se encontra, hoje, nos braços do Senhor”.