Estudante é suspeito de atear fogo em carro de diretor de escola após conversa sobre o mau comportamento do jovem


Um adolescente de 14 anos é suspeito de atear fogo no carro do diretor da escola onde ele estuda na noite da quarta-feira (7) em Garanhuns, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, o jovem foi reconhecido nas filmagens das câmeras de segurança da instituição.

Ainda segundo a PM, o caso ocorreu após o diretor conversar com o suspeito sobre o mau comportamento do jovem na sala de aula. Professores da unidade de ensino acreditam que esta conversa motivou o crime, conforme informou a polícia.

De acordo com a PM, o carro não foi totalmente queimado. A vítima prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil, e o estudante não foi localizado.