Desembargador Rogério Favreto dá 1h para soltura de Lula


Lula está preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba / Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Lula está preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
JC Online

O desembargador federal Rogério Favreto voltou a determinar a soltura do ex-presidente Lula (PT). No terceiro despacho nesse sentido, ele deu uma hora para a Polícia Federal cumprir a decisão.

“Determinando o imediato cumprimento da medida de soltura no prazo máximo de uma hora, face já estar em posse da autoridade policial desdes as 10h00h, bem como em contado com o delegado plantonista foi esclarecida a competência e vigência da decisão em curso”, diz a medida.

“Assim, eventuais descumprimentos importarão em desobediência de ordem judicial, nos termos legais”, afirmou ainda o desembargador.

DECISÃO

O desembargador federal Rogerio Favreto, que estava de plantão no TRF-4, concede habeas corpus para soltar o ex-presidente Lula. Favreto trabalhou na Casa Civil durante o governo Lula e foi filiado ao PT entre 2001 e 2010, antes de ser indicado para o TRF-4 pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2011.

Pela tarde, o desembargador João Pedro Gebran Neto determinou que Lula permaneça preso e que os autos do processo retornem imediatamente ao seu gabinete “onde seguirá regular tramitação”.