Criança morre presa em carro em meio a onda de calor no Tocantins


 (Foto: ED ALVES/CB/D.A.Press)
Foto: ED ALVES/CB/D.A.Press
Uma criança de quatro anos morreu, nessa quinta-feira (8), após ficar presa dentro de um carro durante a onda de calor que atingiu o Tocantins. O caso foi registrado em Aliança do Tocantins, onde o menino brincava com um irmão de dois anos, atualmente internado em estado grave. A mãe deles foi presa por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
A 82ª Delegacia de Polícia de Aliança do Tocantins ainda investiga quais foram as circunstâncias que levaram as crianças a ficarem presas dentro do automóvel. Informações preliminares apontam que a mãe, após chegar em casa com os filhos depois de uma passeio, foi dormir e as duas crianças foram brincar dentro do veículo.
As portas do carro teriam travado, impossibilitando as crianças de saírem do veículo. No boletim de ocorrência consta que testemunhas viram a situação e foram avisar à mãe, que estava dormindo. Os meninos foram socorridos para o hospital, que acionou a Polícia Militar.
A mãe das crianças, de 43 anos, foi autuada em flagrante, mas foi liberada após pagar fiança. A criança de quatro anos não resistiu, enquanto o irmão, de dois anos, segue internado.
Alerta do Inmet
Tocantins é um dos estado em que a temperatura para essa semana era prevista para 40ºC e fez com que o Instituto de Meteorologia (Inmet) emitisse alerta de “grande perigo” em razão de uma onda de calor. As altas temperaturas podem causar risco de morte por hipertermia, quando a temperatura corporal pode comprometer a saúde ou até mesmo levar à falência de órgãos.