Comunidade cria vaquinha afim de ajudar vítima de escalpelamento em kart


Débora Dantas de Oliveira perdeu o couro cabeludo em acidente de kart no Walmart, em Boa Viagem

Meta é arrecadar 50 mil reais / Foto: Reprodução / Facebook Débora Dantas

Meta é arrecadar 50 mil reais
Foto: Reprodução / Facebook Débora Dantas
JC Online

Com o intuito de cooperar no custeamento da recuperação física, mental e social de Débora Dantas de Oliveira, de 19 anos, vítima de escalpelamento em acidente de kart no dia 11 de agosto, no Walmart, em Boa Viagem, bairro da Zona Sul do Recife, a comunidade do Desafio Pernambucano de Kart indoor (DPKin) criou uma vaquinha virtual para a jovem. O espírito solidário já atingiu 81 pessoas até o meio-dia desta quarta-feira (21) que, juntas, ofertaram cerca de oito mil reais.

O recifense Aureliano Correia Faria Neto, de 40 anos, é o integrante da comissão organizadora da DPKin e conta que o grupo se sensibilizou ao ouvir sobre a história da jovem e decidiu ajudá-la. ‘Nossa intenção é de reunir o dinheiro para que ela possa se sustentar financeiramente até voltar a exercer as atividades rotineiras’, disse Neto.

De acordo com o membro, o combinado com a família de Débora é de que quando a vaquinha for encerrada e atingir o objetivo de 50 mil reais arrecadados, o valor será entregue diretamente para a conta da vítima. ‘O valor não será direcionado para o tratamento, porque sabemos que as empresas responsáveis estão custeando, mas sim para sua recuperação dela’, completou o competidor.

Clique aqui para contribuir.

Quadro de saúde

Segundo boletim médico divulgado na última terça-feira (20), a jovem apresenta “melhora significativa das lesões”. Débora está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Especializado de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo, desde o último domingo (18).

Ainda de acordo com a unidade de saúde, a jovem “foi submetida a curativo no centro cirúrgico” nesta terça e está “estável e consciente”. O boletim médico informa também que na próxima quinta-feira (22), Débora deverá ser submetida a uma nova intervenção cirúrgica “visando o preparo final para a cirurgia de transplante microcirúgico”, que está marcada para a sexta-feira (23) a tarde.

Transferência

Débora Dantas deu entrada no Hospital da Restauração, localizado na área central do Recife, no dia 11 de agosto, após ter o couro cabeludo arrancado durante acidente em uma pista de kart. A jovem foi socorrida pelo namorado e passou por uma cirurgia no dia 12 para realizar a reimplantação do tecido. Segundo o médico Jonathan Vidal, responsável pela cirurgia, não foi possível reimplantar 100%.

“Aproveitamos basicamente 80%, além da parte principal, que envolve as pálpebras, as sobrancelhas e a região da testa”, explicou. No entanto, o corpo da vítima rejeitou o reimplante, informou a família da jovem no dia 15. Nessa segunda-feira (19), durante um procedimento cirúrgico, os médicos constataram que houve perda do reimplante realizado no HR.