Com recorde de registro de mortes em 24 horas, Pernambuco ultrapassa dois mil óbitos por coronavírus


Foram confirmadas 132 novas mortes em decorrência da da covid-19 nas últimas 24h, o que elevou o número total de mortos para 2.057

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Covas abertas, no Cemitério Parque das Flores, localizado no bairro de Tejipió, na Zona Oeste do Recife, para sepultar vítimas da covid-19 – FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM

Com milhões de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, a covid-19 tem deixado um rastro de morte por todo o mundo e em Pernambuco não é diferente. Nesta sexta-feira (22), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou mais 132 óbitos, maior número até o momento, o que elevou para 2.057 o número de pessoas que não resistiram à doença. Antes disso, o maior número de vítimas em 24 horas havia sido registrado na segunda-feira (18), com 124 mortes. Além disso, também foram confirmados 1.849 novos casos de coronavírus. Agora, o Estado totaliza 25.760 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Dos novos casos, 1.417 se enquadram como leves, e 432 como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Já com relação ao número total de casos, 13.915 foram confirmados como leves e 11.845 graves. Os detalhes epidemiológicos, como idade, sexo e data de óbito dos pacientes, serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Brasil

Na noite dessa quinta-feira (21), o Ministério da Saúde anunciou que o número de pessoas que morreram em decorrência do coronavírus no Brasil subiu para 20.047. Apenas da quarta (20) para a quinta-feira foram confirmados 1.188 óbitos, maior número registrado até então. O número total de infectados no País é 310.087.

Mundo

O novo coronavírus já provocou pelo menos 329.799 mortes no mundo desde dezembro, segundo um balanço feito pela AFP com base em fontes oficiais até as 16h dessa quinta-feira.

Desde o começo da pandemia, foram contabilizados 5.049.390 casos de contágio em 196 países ou territórios. O número de registros positivos, no entanto, reflete apenas parte dos contágios, devido às diferentes políticas de cada país para diagnosticar os casos.