Com Leandro Pereira inspirado, Sport vence na estreia da Copa do BRSPOP


O time leonino venceu o Santos-AP por 2×1 e avança para a segunda fase da competição

Leandro Pereira marcou os dois gols do Sport / Foto: Williams Aguiar/ Sport

Leandro Pereira marcou os dois gols do Sport

Mais uma vez o Sport passou longe de apresentar um futebol convincente, mas, ao menos, conseguiu o seu objetivo na estreia da Copa do Brasil: venceu o Santos-AP por 2×1, nesta quarta-feira, no estádio Zerão. De quebra, ainda embolsou R$ 1 milhão por avançar de fase. Os gols da partida foram marcados por Leandro Pereira (2x) e Bruno para o time amapaense.

Na segunda fase, o Leão vai encarar o vencedor de Ferroviário-CE x Confiança (a partida acontece ainda nesta quarta, inicia às 20h30).

O JOGO

Superior tecnicamente, o Sport iniciou o duelo contra o Santos-AP sem sentar em cima do regulamento. O Leão buscou tomar conta das ações ofensivas desde os primeiros minutos. É bem verdade que o gramado do estádio Zerão não contribuía (bastante irregular e com vários buracos) para a prática de um futebol bem jogado. Com isso, a solução foi apostar nos chutes de longa distância e nas bolas alçadas na área.

O primeiro lance de perigo da equipe leonina foi aos 12 minutos, através do prata da casa Fabrício em chute de fora da área para a defesa de Axel. O Sport seguia com dificuldade para levar perigo à meta do Santos-AP. Porém, aos 23, os pernambucanos acharam um pênalti. Marlone entrou na área e sofreu um sutil calço por trás do volante Jefferson. Na cobrança, o próprio camisa 10 foi para a cobrança e parou no goleiro do time amapaense.

Apesar do susto, os donos da casa estavam confortáveis na partida, já que o Leão não conseguia transformar a posse de bola que tinha em efetividade. O Santos-AP, claramente, jogava por uma bola para garantir a classificação. E, por pouco, essa bola não entrou. Aos 43 minutos, o meia Thiago Marabá cobrou falta para a área. O centroavante Jean, livre de marcação, nem precisou subir para cabecear a bola que passou raspando a trave de Magrão.

A segunda etapa começou sem tanto ímpeto por partes das duas equipes. Com a partida sem tantas emoções, até o gol do Sport saiu depois de uma jogada fortuita. Aos nove minutos, Thallyson tentou jogada pelo meio, mas foi desarmado parcialmente, já que a bola seguiu e caiu nos pés de Leandro Pereira. O centroavante leonino se livrou da marcação com um giro e de cara com Axel só fez deslocar o goleiro para abrir o placar: 1×0.

Mesmo com a intenção de sair mais pro jogo para tentar marcar os dois que precisava, o Santos-AP não mostrava que tinha condições técnicas de alcançar tal façanha. Mas, pelo menos, conseguiu o empate. Aos 40, após troca de passes na entrada da área do Sport, a bola chegou até Bruno, que emendou forte chute de fora da área para vencer Magrão: 1×1. Não demorou muito e o Sport deu a resposta. Dois minutos depois, Leandro Pereira marcou o seu segundo e deu números finais a partida: 2×1.

Ficha do jogo

SANTOS-AP
Axel; Diego, Rogério (Erick), Diney e Batata (Eduardo); Lessandro, Cleucio, Jefferson, Bruno e Thiago Marabá (Dhonata); Jean. Técnico: Edson Porto.

SPORT
Magrão; Fabrício, Henríquez, Léo Ortiz e Capa; Anselmo, Fellipe Bastos (Thallyson) e Rithely (Neto Moura); Marlone, Gabriel e Leandro Pereira. Técnico: Nelsinho Baptista.

Local: estádio Zerão, em Macapá-AP.
Árbitro: Joelson Nazareno Cardoso (PA).
Assistentes: Hélcio Araújo Neves e Dimmi Yuri das Chagas (ambos do PA).
Gols: Leandro Pereira, aos 9 e aos 42 e Bruno aos 40 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Jefferson (SAN) e Anselmo (SPO).