Após 44 anos, Renato Aragão comunica saída da Globo


Foto: Reprodução/Instagram

Após 44 anos de atuação na Globo, o humorista Renato Aragão deixará a emissora. O contrato de Renato se encerra nesta terça-feira (30) e, assim como ocorreu com outros artistas, a empresa informou que não haverá renovação.

A saída da emissora ocorreu de forma tranquila. Para Renato, será a oportunidade de ingressar em novos projetos.

“Para mim, ampliou meus projetos. Você não sabe como eu estou gostando. É uma nova etapa”, contou em entrevista ao colunista Maurício Stycer, do UOL.

Didi Mocó foi um dos personagens criados por Aragão e o humorista promete que não irá parar por aí. Uma nota, divulgada pela assessoria de imprensa, esclarece os planos do artista para o futuro:

“Hoje tenho diante de mim mais uma oportunidade para me reinventar, como já vinha fazendo. Permaneço aberto a novos desafios e disponível para me lançar com outros parceiros em diversas plataformas e veículos. Estarei sempre onde meu público estiver. Estarei sempre com vocês.”

Apesar do fim do contrato, Renato afirma que o documento é apenas simbólico. Ele relata que ainda deve fazer trabalhos pontuais na emissora. Mesmo aos 85 anos, Renato tem ganhado bastante seguidores em sua conta nas redes sociais. Sua conta no Instagram tem mais de 3,5 milhões de fãs. No Tik Tok, plataforma que vem ganhando cada vez mais adeptos, o humorista conta com um milhão de seguidores.

História

Renato Aragão começou a ser conhecido ainda na TV Tupi, onde atuou de 1974 a 1976. Ele ingressou na Globo em 1977, como líder dos Trapalhões. Após a morte de Zacarias (1934-1990) e Mussum (1941-1994), o programa foi encerrado. No cinema, entre 1965 e 2017, o humorista estrelou 45 filmes. A empresa Renato Aragão Produções Artísticas LTDA, fundada em 1977, é a responsável pelas produção dos programas de TV e dos filmes estrelados por ele. Em 1998, aos moldes do que era Os Trapalhões, Renato estreou o programa A Turma do Didi. O programa foi ao ar até 2010.


LEIA TAMBÉM