Alagoinha tem apenas um candidato a prefeito concorrendo nas eleições 2020


Candidato foi o único a se inscrever nas convenções do município

NE10 INTERIOR

  • Por Marília Pessoa
Uilas Leal, atual prefeito de Alagoinha
Uilas Leal, atual prefeito de Alagoinha (Divulgação/Prefeitura de Alagoinha)
Uma cidade do interior de Pernambuco está chamando a atenção por causa de um fato curioso envolvendo as eleições municipais deste ano. Alagoinha, localizada no Agreste do estado, tem apenas um candidato concorrendo ao cargo de prefeitoUilas Leal (PSB) é o atual gestor da cidade e está se candidatando à reeleição em 2020.

A candidatura dele foi a única inscrita nas convenções do município. Apesar de vários nomes da oposição terem sido cotados, nenhum deles aceitou se candidatar nas eleições deste ano.

De acordo com o analista político Fernando Andrade, a situação não é rara de acontecer. “Não é um fato isolado na política nacional. Em 2016, por exemplo, isso ocorreu em quase 100 cidades. Para ser mais exato, 97 cidades só tiveram um candidato disponível para votação”, explicou, em entrevista ao Portal NE10 Interior.

Apesar da situação parecer inusitada, a lei eleitoral permite que tenha apenas um candidato inscrito para a disputa eleitoral. Mesmo se a população decidir votar apenas em branco ou nulo, o candidato ainda pode ganhar porque só os votos válidos serão contabilizados. “Se apenas o candidato votar nele mesmo, ele consegue ganhar as eleições com 100% dos votos”, afirmou o analista.

População deve cobrar partidos

Se a população ficar insatisfeita com as poucas opções de candidatos para votar, não há como adicionar outros candidatos para concorrer porque o prazo das convenções eleitorais terminou nessa quarta-feira (16). “A população deve questionar os demais partidos por não terem lançados candidatos. A população precisa cobrar por que os candidatos não lançaram candidaturas próprias”, finaliza.