2021 vai passar rápido: a Terra está ‘girando’ mais depressa


Os dias deste ano devem ser mais curtos do que o normal por causa da rotação do planeta

NE10 INTERIOR

  • Por Eduarda Cabral
Fenômeno foi observado pela primeira vez em Bruxelas, revelam estudos
A Terra deve ‘girar’ mais dpressa em 2021 (Foto: Nasa)
Já teve a sensação de que os dias estão passando rápido demais? Pois bem, eles realmente estão. Este ano deve acabar mais depressa do que os outros. O motivo é que a Terra tem “girado” mais rápido, mas você pode nem perceber isso.

O ano de 2020 foi considerado o mais curto da história, desde que se iniciaram as medições há 50 anos. O ano mais curto da história havia sido registrado em 2005, mas em 2020 o registro foi superado 28 vezes.

Os dias em 2021

O ano de 2021 vai passar rápido, isso porque os dias devem ser, em média, 0,5 milissegundo mais curtos do que o normal. O último domingo (3) teve um total de 23 horas, 59 minutos e 59,9998927 segundos. Esses registros devem de repetir ao longo do ano.

Mudanças no relógio

Pode ser que neste ano você precise adiantar o tempo no seu relógio. Um caso parecido ocorreu na década de 1970, quando foi necessário “adicionar” mais 27 segundos no tempo atômico internacional porque a Terra estava “girando” mais devagar.

No Réveillon de 2016, o mundo inteiro pausou os relógios para “esperar” a Terra em um segundo.